segunda-feira, agosto 8, 2022
InícioEducaçãoGreve impede retorno das aulas presenciais na rede estadual

Greve impede retorno das aulas presenciais na rede estadual

Com greve dos professores, retomada das aulas presenciais da rede estadual não acontece nesta segunda, 10. A rede privada continua com o retorno. Já as redes municipais dependem da gestão de cada cidade.

Está marcado o retorno das aulas presenciais da rede pública e privada para esta segunda-feira, 10, para alunos do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental. Entretanto, devido o anúncio da greve dos professores da rede estadual, apenas as escolas particulares e da rede municipal devem voltar.

A Secretaria Estadual de Educação informou que o total de escolas estaduais são 111, nos 75 municípios sergipanos. Nesse retorno, a rede pública tem cerca de 88 mil alunos, sendo 5004 da rede estadual e 83 mil nas escolas municipais.

Com a greve dos professores, a rede estadual não retorna presencialmente nesta segunda. Já a volta das escolas da rede municipal fica a critério de cada gestor da cidade. Em São Cristóvão, por exemplo, o retorno foi adiado para o .dia 7 de junho, como anunciado pelo prefeito Marcos Santana nas redes sociais. Ainda de acordo com os representantes dos municípios, grande parte dos prefeitos preferiram pelo não retorno até que haja a vacinação completa dos professores.

Greve professores

No dia 10, o sindicato dos professores de Sergipe vai fazer um ato em frente a Seduc, contra o retorno das aulas presenciais. De acordo com os profissionais da educação, é preciso a vacinação dos docentes para que a volta às aulas aconteça.

“Voltar às salas de aula sem que haja nenhuma condição de segurança (vacina, testagem e escolas adaptadas) é uma sentença de morte para os professores, estudantes, funcionários de escola e às suas famílias, por isso decidimos entrar em greve, essa é uma greve pela vida”, afirma a presidente do Sintese, Ivonete Cruz.

Com informações da ASN e do portal A8 SE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias