terça-feira, maio 28, 2024
InícioLaranjeirasPrefeitura de Laranjeiras garante atendimento às mulheres vítimas de violência com inauguração...

Prefeitura de Laranjeiras garante atendimento às mulheres vítimas de violência com inauguração do CRAM

O CRAM é um espaço de acolhimento/atendimento psicológico e social, orientação e encaminhamento jurídico para as mulheres vítimas violência.

Acompanhado de moradores e autoridades, o prefeito de Laranjeiras, José de Araújo Neto (Juca) inaugurou na manhã desta sexta-feira, 28, a unidade do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), Licínia Izabel Oliveira da Silva (Tia Licinha). Também prestigiaram a solenidade, a juíza Coordenadora da Mulher, do Tribunal de Justiça de Sergipe, Jumara Porto Pinheiro, o juiz da comarca, José Amintas Noronha de Meneses Júnior, além de promotores de Justiça, defensores Públicos, vereadores e os familiares da homenageada.

Prefeitura de Laranjeiras garante atendimento às mulheres vítimas de violência com inauguração do CRAM

O CRAM é um espaço de acolhimento/atendimento psicológico e social, orientação e encaminhamento jurídico para as mulheres vítimas violência. A equipe multidisciplinar vai proporcionar o fortalecimento de decisão da mulher, o resgate de sua cidadania, além de garantir os direitos violados e a viabilização da inserção delas nas políticas públicas.

O CRAM deve exercer o papel de articulador das instituições e serviços governamentais e não-governamentais que integra a Rede de Atendimento. Assim, o equipamento de Assistência Social, deve, além de prestar o acolhimento e atendimento da mulher em situação de violência, monitorar e acompanhar as ações desenvolvidas pelas instituições que compõem a Rede.

“Em Laranjeiras, o CRAM vem complementar as políticas públicas já desenvolvidas pela coordenadoria da mulher, com atenção à saúde da mulher, atividades de oficinas e cursos profissionalizantes, para a aquisição da independência financeira, entre outras. Porém, todas as ações estão voltadas para o acolhimento, oportunidade e dignidade”, disse a secretária municipal de Assistência Social, Onete Mota.

A juíza Jumara Porto Pinheiro destacou o empenho do prefeito Juca em implantar o CRAM no município. “Assim que convidamos o prefeito Juca para uma reunião sobre o CRAM, ele se mostrou empenhado e logo criou os caminhos para hoje estarmos aqui neste dia especial. Este é mais um equipamento importante e exclusivo de atendimento à mulher vítima de violência, que, muitas vezes, têm medo e vergonha de denunciar os agressores. No entanto, hoje temos, neste espaço de amor, um local onde ela pode se sentir à vontade, se reencontrar com si mesma, se olhar no espelho e voltar a se enxergar com como uma pessoa importante”, ressaltou a magistrada.

Prefeitura de Laranjeiras garante atendimento às mulheres vítimas de violência com inauguração do CRAM

O prefeito Juca destacou a parceria com a magistrada e com o Tribunal de Justiça. “A juíza é dedicada e empenhada no combate à violência contra a mulher. Por isso, não pensei duas vezes em aceitar a implantação do CRAM, já que, através da coordenadoria das mulheres já desenvolvíamos desde 2021, políticas públicas voltadas pra elas. A reunião no TJ/SE foi o 1º passo para estarmos neste dia especial e histórico para o município. Por isso, quero agradecer a todos os representantes do judiciário e à minha equipe. Sem vocês, nada disso seria possível aqui hoje”, frisou Juca.

Fonte: Midiando Comunicação / ASCOM-PML

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias