quarta-feira, agosto 10, 2022
InícioEsportesTricolor Carioca vence Portuguesa e está na final

Tricolor Carioca vence Portuguesa e está na final

Fluminense derrota a Lusa com partida brilhante de Kayky, atacante entra no segundo tempo e faz Tricolor deslanchar. Adversário da decisão será o Flamengo.

O Fluminense contou com apenas 45 minutos de Kayky em campo para carimbar sua vaga à decisão do Carioca. O atacante saiu do banco para decidir no segundo tempo com um gol e uma assistência na vitória por 3 a 1 diante da Portuguesa, na tarde deste domingo, no Maracanã. Yago e Gabriel Teixeira marcaram os outros gols. Chay descontou. A final será em dois clássicos Fla-Flu nos dois próximos fins de semana.

O jovem Kayky decide

Vários titulares tricolores começaram no banco neste domingo. Entre eles Kayky. O jovem entrou no intervalo, substituindo o apagado Cazares, quando a partida estava 1 a 1. Incendiou o jogo. Fez bela jogada no gol de Gabriel Teixeira, deixando o meia sem goleiro para marcar. Depois, em arrancada fulminante, marcou um belo gol batendo por baixo do goleiro. Destaque também para Gabriel Teixeira e Martinelli, ambos com boas atuações.

Agenda

Antes da decisão do Carioca, o Fluminense volta a campo pela Libertadores. Na quarta-feira, às 21h, o Tricolor recebe no Maracanã o Santa Fe-COL. O Flu lidera o Grupo D com 5 pontos.

LEIA TAMBÉM: Câmara de Laranjeiras homenageia o Dia das Mães

Mais detalhes do jogo

Na etapa inicial o Fluminense fez um primeiro tempo muito ruim no Maracanã. Criou muito pouco. Cazares, aberto pela direita, mais uma vez jogou mal. Marcou em bonito chute de Yago e foi só. Recebeu castigo no fim da etapa. Manoel não acompanhou o lance e o goleiro Marcos Felipe mais uma vez saiu de forma atabalhoada por baixo, como havia acontecido contra o River. Pênalti que Chay bateu e o goleiro não saiu nem na foto.

No tempo complementar, com Kayky no lugar de Cazares, o Flu se impôs. E chegou aos gols pelos pés de sua joia. Primeiro, aos 10, serviu Gabriel Teixeira para desempatar. Depois, aos 21, arrancou e parou só dentro do gol para ampliar. A folga no placar deu tempo para Roger fazer um aguardado teste pela torcida: colocou Calegari no meio de campo, no lugar de Martinelli, posição que costumava atuar na base.

Com informações do GE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias