segunda-feira, agosto 8, 2022
InícioEsportesVasco derrota o Confiança e continua sonhando com acesso

Vasco derrota o Confiança e continua sonhando com acesso

Cano e Ricardo Graça marcam para o Vasco e Nirley diminui para o Confiança; Central do Apito viu pênalti não marcado para o time sergipano.

Foram dois tempos bem diferentes. O primeiro teve pouca emoção, e apesar de mais posse de bola vascaina, foi o Confiança quem mais chegou ao ataque. Na volta do intervalo, o Dragão subiu um pouco as linhas e assustou mais. Aos 10 minutos da segunda etapa, Álvaro, do Confiança, caiu na área em dividida com Leandro Castán, do Vasco.

O VAR chamou pedindo a revisão, mas a arbitragem manteve a decisão e não marcou o pênalti. Central do Apito entendeu que a penalidade máxima deveria ter sido marcada. Logo após, o Vasco conseguiu dois gols em dois minutos, primeiro com Cano e depois com Ricardo Graça. O Confiança conseguiu diminuir com Nirley e pressionou bastante nos minutos finais, mas não chegou ao empate.

Na etapa inicial o Vasco começou pressionando e empurrando o Confiança para o campo de defesa, porém trocava passes de forma lenta. Do outro lado, o Dragão buscava desarmar e sair jogando rápido. Foi o Confiança quem mais finalizou e levou perigo à meta adversária.

Nas melhores chances, João Paulo quase enganou Vanderlei em um cruzamento venenoso aos 28 minutos e Ítalo cortou da esquerda para dentro e finalizou de chapa ao lado do gol, aos 31. A única finalização do Vasco na partida foi em uma cabeçada de Morato, após levantamento de Nenê na área. A posse de bola cruzmaltina não refletiu em domínio das ações ofensivas na partida.

No tempo complementar o Vasco voltou diferente para o segundo tempo. Gabriel Pec entrou no lugar de Léo Matos e deu outro ritmo ao jogo. O Confiança buscou sair mais para o ataque e teve uma boa chance aos 10 minutos. Álvaro fez jogada individual e foi derrubado por Leandro Castán dentro da área. Raphael Claus reviu o lance ao ser chamado pelo VAR, mas não marcou a penalidade.

Logo depois brilhou a estrela de Pec. Aos 15, ele achou Nenê dentro da área e o meia rolou para Cano girar bem sobre a marcação e abrir o placar. Aos 17, Pec partiu só pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Ricardo Graça ampliar. O Confiança sentiu um pouco o baque, mas conseguiu voltar ao jogo após Nirley diminuir de cabeça. aos 34 minutos. Depois disso, foram muitos ataques e contra-ataques, mas o placar se manteve. Vitória do Vasco por 2 a 1.

Aos 10 minutos do segundo tempo, Álvaro, do Confiança, fez jogada individual, e após dividida com Leandro Castan, do Vasco, caiu na área reclamando de pênalti e arbitragem mandou seguir. O VAR chamou Raphael Claus para a revisão, mas ele manteve a decisão e nada marcou. Na Central do Apito, Fernanda Colombo, comentarista de arbitragem do Grupo Globo, afirmou que Castán foi imprudente na jogada e cometeu o pênalti sobre o Álvaro.

Confira mais informações:

O torcedor vascaíno em Sergipe reencontrou o clube após 13 anos. Apesar de o decreto estadual impedir a presença da torcida visitante nos jogos em Sergipe, foi possível ver muitos torcedores do Vasco no estádio. Inclusive, o zagueiro Ricardo Graça recebeu um cartão amarelo ao ir comemorar no alambrado.

Com a derrota, o Confiança continua na vice-lanterna da Série B, com 22 pontos. Já o Vasco, somou mais três pontos e está a cinco do Goiás, quatro colocado. O Confiança volta a jogar no próximo sábado, às 19h, contra o Vitória, fora de casa. No mesmo dia às 21h, o Vasco visita o Sampaio Corrêa. Ambas as partidas são válidas pela 29ª rodada da Série B.

Veja os melhores momentos da partida: 

Com informações do GE.

Banner fixo da Campanha da Câmara de Laranjeiras

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias