sexta-feira, agosto 12, 2022
InícioPolíticaDeputados Estaduais cobram da SES vacinação de profissionais de segurança

Deputados Estaduais cobram da SES vacinação de profissionais de segurança

De acordo com informações os estados do Pará e Maranhão incluíram alguns profissionais no Plano Estadual de Vacinação que não estavam no Plano Nacional.

Os deputados estaduais aproveitaram a visita da secretária de estado da saúde, Mércia Feitosa, à Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) nesta terça-feira, 30, para cobrar a Secretaria de Estado da Saúde (SES) a vacinação dos profissionais de segurança pública. De acordo com os deputados, o Governo de Sergipe tem autonomia para criar seus grupos prioritários na vacinação, assim como outros estados já fizeram.

De acordo com o deputado João Marcelo (PTC), os estados do Pará e Maranhão incluíram alguns profissionais no Plano Estadual de Vacinação que não estavam no Plano Nacional . A deputada Kitty Lima (Cidadania), líder da oposição, também solicitou a priorização da vacinação dos profissionais de segurança pública.

A secretária Mércia Feitosa explicou que o Estado não tem essa autonomia e que as doses de vacina que chegam a Sergipe são destinadas pelo Ministério da Saúde a um determinado grupo, e não podem ser desviadas para outras populações.

“Alguns estados, a exemplo do Pará, receberam doses a mais, e com isso, solicitaram ao Ministério da Saúde que as doses excedentes fossem aplicadas em outros grupos, mas não prejudicou a vacinação do grupo prioritário. Aqui não aconteceu isso. É o que chamamos de vacinas carimbadas. Se eu recebo uma quantidade de doses para vacinar idosos e vacino outro grupo, eu deixo de vacinar os idosos, e ainda temos a taxa de mortalidade mais alta na população acima de 60 anos”, explica.

A gestora adianta que já fez uma solicitação ao Ministério da Saúde para que um percentual de doses seja destinado aos profissionais de saúde. “Estamos aguardando a resposta do Ministério da Saúde, e sendo positiva, cada categoria vai definir sua prioridade de vacinação e vamos imunizando. Mas, para que a imunização seja feita, precisamos que as vacinas cheguem direcionadas para os profissionais de segurança”, reforça Mércia.

Professores

O deputado Iran Barbosa (PT) falou da preocupação dos professores de todo os estado em relação a possibilidade do retorno das aulas presenciais no dia 5 de abril. O parlamentar também solicitou a priorização dos professores na vacinação.

De acordo com Mércia, o retorno das aulas presenciais está na pauta de discussão da reunião do Comitê que acontece na quarta-feira, 30. “Vamos discutir essa data e entender a singularidade do universo escolar, que não é simples e tem sua dinâmica. Sobre a vacina dos professores, entendemos a necessidade. É, por isso, que precisamos comprar as vacinas para Sergipe, e precisamos que elas fiquem aqui, porque teremos liberdade para direcionar a imunização. Porém, com as doses que vêm no Plano Nacional de Imunização, não temos essa liberdade”, conclui.

Com informações de Karla Pinheiro, do portal Infonet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias