segunda-feira, agosto 15, 2022
InícioGeralONS: Reservatórios de energia devem atingir o menor nível em 20 anos

ONS: Reservatórios de energia devem atingir o menor nível em 20 anos

Instituição prevê que hidrelétricas do Sudeste e do Centro-Oeste, responsáveis por 70% do abastecimento nacional, devem chegar a novembro com 10,3% da capacidade.

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Carlos Ciocchi, afirmou em audiência pública na Câmara dos Deputados que os reservatórios das hidrelétricas localizadas no Sudeste e no Centro-Oeste devem chegar ao mês de novembro com 10,3% de capacidade. Este será o menor nível mensal em 20 anos. “Desde o período úmido do ano passado, registamos a pior afluência dos últimos 91 anos entre setembro e abril. A afluência está abaixo da média em todos os sistemas.

É uma conjunção de fatores que projeta uma condição muito crítica para este ano. Caso as ações que estamos propondo sejam realizadas, conseguiremos atingir 10,3% de armazenamento. Mesmo que o nível ainda seja preocupante, garante que não tenhamos problemas de energia ou de potência ao final de novembro de 2021”, disse.

Leia Também: Laranjeiras realiza dia 26 o projeto “Arraiá São João de Todos”

No entanto, Ciocchi ponderou que, se as ações não forem cumpridas ou não surtirem efeito, o nível dos reservatórios pode cair para 7,5%. Neste percentual, o sistema de geração de energia do país entraria em colapso. Os reservatórios localizados no Sudeste e no Centro-Oeste são responsáveis por cerca de 70% de toda a energia produzida no país. Apenas no Sudeste, localizam-se as usinas hidrelétricas de Furnas, de Três MariasIlha Solteira e Barra Bonita.

Já a região Centro-Oeste abriga o Complexo UrubupungáSão Simão e Cachoeira Dourada. O ONS ainda espera que, no final deste ano, o período chuvoso seja capaz de encher os reservatórios para garantir o fornecimento de energia em 2022. “A gente espera que em novembro a estação chuvosa deste ano já tenha chegado e a situação seja amenizada”, concluiu.

Com informações do portal Jovem Pan.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias