quarta-feira, agosto 10, 2022
InícioOpiniãoOPINIÃO: Passando a limpo a questão do índice de vacinação contra a...

OPINIÃO: Passando a limpo a questão do índice de vacinação contra a Covid-19 em Laranjeiras

O tema foi abordado esta semana por alguns sites e emissoras de rádio do estado motivadas pelas declarações do deputado Zezinho Sobral (Podemos), líder do Governo na Alese. Quando na oportunidade, o parlamentar expressando sua preocupação com a vacinação no Estado, baseado nos dados da Secretaria de Estado da Saúde, destacou que 30% dos municípios sergipanos não estão cumprindo as metas de vacinação contra a Covid-19 adotadas pelo Ministério da Saúde. E de acordo com os dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontados na última terça, 05, o município de Laranjeiras aparece entre eles. Ou seja, esse percentual de municípios está classificado abaixo dos 40% na aplicação das vacinas. 

Não há como deixar de reconhecer os dados, pois eles retratam a atualização de informações fornecidas pelos próprios municípios, por meio de suas respectivas secretarias de saúde. Mas por outro lado, é necessário conhecer melhor a situação de cada município e procurar saber se não está havendo alguma dificuldade no processo de informação de suas equipes de saúde para a SES. De maneira que, o município que pode ter recebido um percentual de vacinas, mesmo que já tenha vacinado se não informar para a SES vai aparecer como quem recebeu as vacinas e ainda não aplicou. Essa mesma explicação foi dada pelo próprio deputado Zezinho Sobral durante entrevista prestada para uma emissora de rádio da Capital. 

Como foi a Entrevista?

Falando da entrevista do deputado Zezinho, um site de notícias repercutiu de forma sensacionalista a entrevista. Na manchete o portal de notícias afirma que o deputado manda o prefeito Juca pedir ajuda para melhorar os índices de vacinação em Laranjeiras. Mas quem ouviu a entrevista vai notar que o deputado Zezinho Sobral não quis dizer isso. Ou seja, ele falou sobre todos os municípios que estão com índice baixo e disse que a SES deve ajudá-los. Na entrevista, o parlamentar líder do Governo foi ponderado e respeitoso com todos os municípios que aparecem com baixo índice de vacinação, inclusive só falou sobre Laranjeiras porque o apresentador perguntou. A polêmica foi criada pela manchete apimentada do portal. Quem ouvir a entrevista vai concluir exatamente isso que estou falando. Conversei com diversas pessoas que ouviram a entrevista e notou uma diferença, entre a manchete do portal e o que disse o deputado durante a tal entrevista. No comentário de amanhã (11) postarei a entrevista na íntegra.

Explicando a queda do índice de vacinação em Laranjeiras

Mas voltando a falar sobre Laranjeiras, que é o que mais nos interessa o motivo de aparecer entre os municípios com baixo índice de vacinação, tem uma causa diferente. Até a segunda-feira (04) desta semana, o município aparecia entre os primeiros colocados com 95% no índice de vacinação, disputando as primeiras colocações. O que fez então Laranjeiras cair de 95% na segunda e na terça ir para os 38%? Simples de explicar e qualquer pessoa sensata vai compreender!

Na terça-feira (05) a Secretaria de Saúde de Laranjeiras recebeu 3.080 vacinas para imunização da comunidade Quilombolas do bairro Mussuca. Dessa forma a quantidade de vacinas recebidas subiu, fazendo com que o índice vacinal (número de vacinas recebidas comparado com a quantidade de doses aplicadas) de Laranjeiras despencasse de 95% para 38%. Porém à medida que o município realizar a imunização da população Quilombola do bairro Mussuca o índice vacinal será normalizado e Laranjeiras vai está incluído entre os primeiros colocados mais uma vez. E tem mais um detalhe importante que merece ser dito aqui sobre a vacinação em Laranjeiras. Após a conclusão da vacinação nos moradores do bairro Mussuca, que está ocorrendo em ritmo acelerado, o município de Laranjeiras atingirá a meta de imunização de 20% de sua população, superando a meta de todos os municípios do Estado e também a nacional!

Cobrando Justiça 

Aí eu quero observar o destaque que os mesmos sites e programas de rádio que exploraram essa queda de Laranjeiras no índice de vacinação, por conta do recebimento das vacinas para a comunidade quilombola da Mussuca, repercutirem também com a mesma ênfase, a informação destacada acima, quando Laranjeiras atingir a maior meta de imunização do estado e uma das maiores do país.

Acredito que tenha explicado toda questão, acho que não haja nenhuma dúvida a respeito da situação aborda pela mídia durante a semana sobre essa questão do índice de vacinação em Sergipe.

Tema do próximo comentário

Amanhã retornarei com outro comentário interessante sobre o nosso município. Falarei da insatisfação de um ex-assessor da Gestão anterior. Que segundo o próprio, seu grau de insatisfação com o ex-gestor municipal é tão grande, que anda até com pedras guardadas na mala do carro, para jogar nele! Amanhã abordarei esse tema com riquezas de detalhes, aqui na página OPINIÃO do seu RSNOTÍCIA, aguarde!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias